E aí, pessoal, como vocês estão? Eu estou bem, obrigada. Olhem, os treinos (de handebol) começaram essa semana, então eu não pude nem postar. Mas enfim, o que importa é que eu estou aqui com mais uma resenha de um livro da (linda!)Meg Cabot. Eu já falei dos aspectos gráficos na resenha de "A garota americana" (clique aqui), então não vou falar nessa aqui, já que é uma série. 

Depois de salvar a vida do presidente dos Estados Unidos e ver a sua vida virar (mais ainda)de cabeça para baixo, Sam se vê com mais um problema. Bem, além de tudo, ela tem que tomar uma decisão: ir ou não passar o feriado de Ação de Graças em Camp David com o seu namorado (o filho do presidente). Ta bom, isso pode não parecer uma decisão muito difícil, mas Sam acha que seu namorado já quer levar o namoro ao próximo nível (sim, isso mesmo). Sam realmente não está pronta para isso. 

Vou confessar que eu esperava mais desse livro. Assim, não é que ele seja ruim. Num todo o livro é muito bom. Acontece que o fim deixa um pouco a desejar. Eu demorei uns 5 dias para ler, porque o colégio não tá deixando brecha, mas dá pra ler em 1 dia, porque o livro envolve a gente e não nos deixa parar de ler (fui vencida pelo cansaço, então tive que parar). Eu realmente gostei muito de ler esse livro, é muito bom, assim como todos da Meg Cabot. Eu recomendo muito esse livro! 

Ok, pessoal, é isso aí! Obrigada por tudo =D Até depois! 
Beijinhos. 


Deixe um comentário